21º Fórum da Academia Brasileira de Pediatria



BH recebe Fórum da Academia Brasileira de Pediatria

Aberto ao público e gratuito, o evento é a oportunidade para discutir importantes questões da infância e da adolescência

Parto adequado, segurança na internet, maioridade penal e os limites e desafios da escola na atualidade. Esses são alguns dos intrigantes assuntos que serão discutidos no 21º Fórum da Academia Brasileira de Pediatria, que acontece em Belo Horizonte, nos dias 24 e 25 de abril de 2019, na Associação Médica de Minas Gerais. Em uma justa homenagem, o Fórum recebeu o nome Acadêmico Ennio Leão, um dos grandes pediatras mineiros, professor emérito da Faculdade de Medicina da UFMG e membro das Academias Brasileira e Mineira de Pediatria. E como um dos objetivos principais é interagir com a sociedade em geral, o evento é gratuito e aberto ao público, com inscrições prévias online (http://forumabp.com.br).

Uma realização da Academia Brasileira de Pediatria (ABP), da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e localmente da Academia Mineira de Pediatria (AMP) e da Sociedade Mineira de Pediatria (SMP), o Fórum é um local, por excelência, de troca de experiências entre pediatras, profissionais da saúde, da educação, do judiciário e a comunidade em geral. “Esse é o resultado do trabalho de várias mãos, de trocas de ideias, de vários pensares, de inclusão, renovação e, ao mesmo tempo, rigor científico. Razão pela qual as conclusões que saírem dali, tenho certeza, serão extramente ricas”, comentou o pediatra Paulo César Pinho Ribeiro, presidente da AMP.

O tema principal do evento aparece em seu subtítulo As transformações da família e da sociedade e seu impacto na infância e juventude. Para Mario Santoro Júnior, presidente da ABP, este Fórum contribuirá para a evolução dos conhecimentos sobre a problemática psicossocial que repercute nas famílias, nas crianças e nos adolescentes de hoje em dia. “Com certeza com este enriquecimento cultural, poderemos contribuir para construção de uma sociedade que se espera melhor para todos”, afirma o acadêmico.

Homenagens

O professor Ennio Leão é homenageado principal do Fórum, não só por sua trajetória e marcante trabalho em prol da pediatria mineira e brasileira, mas também por ser um idealizador da Academia Mineira de Pediatria, fundada em 2004. Além dele, as mesas redondas receberão nomes de acadêmicos mineiros já falecidos: Diomar Tartaglia, José Américo de Campos e Navantino Alves. “A AMP é uma entidade sem fins lucrativos, formada por pediatras de Minas Gerais que, por muitos anos, contribuíram para a especialidade. Assessoramos e aconselhamos a SMP nas propostas de continuidade das políticas em prol das crianças e dos adolescentes de nosso estado. E com certeza, esses pediatras cumpriram a sua missão e são dignos de nossa homenagem”, explica o presidente da AMP.

O último Fórum da Academia em Belo Horizonte aconteceu em 2010, nove anos depois a capital mineira, com seu povo hospitaleiro e gentil, receberá acadêmicos do Brasil inteiro. “A Academia Mineira de Pediatria e a Sociedade Mineira de Pediatria sentem-se prestigiadas ao receber essa edição do Fórum, sabendo que muito têm a contribuir para as transformações da família e da sociedade e seu impacto na infância e juventude”, finaliza Paulo César.