Médicos formados em escolas estrangeiras vão passar por exame curricular para trabalhar no Brasil

 

  Os Ministérios da Saúde e da Educação publicaram uma portaria no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul  desta segunda-feira, 18 de maio, que estabelece exame para verificar a correspondência da grade curricular dos profissionais médicos formados em universidades estrangeiras.   A portaria padroniza o exame de revalidação dos diplomas e estabelece parâmetros e critérios mínimos para aferição de equivalência curricular. O exame conta com uma etapa de avaliação escrita e outra de avaliação de habilidades clínicas. O exame será coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.   Fonte: Portal Fenam – 20/05/2009