Sinmed-MG se pronuncia sobre triste realidade do Hospital Infantil João Paulo II/FHEMIG: entidade já previa este caos



 “Mais de 15 horas à espera, falta de médicos, elevado número de atendimentos, plantonistas pedindo medidas urgentes; esses são alguns dos relatos sobre o Hospital Infantil João Paulo II, na matéria publicada no domingo, 7 de abril, num jornal de grande circulação em Minas Gerais.

A situação caótica no hospital já vinha sendo anunciada pelo Sindicato dos Médicos há vários anos. Em 2017, em visita realizada à unidade, os desabafos dos médicos nos mostraram um cenário de preocupação, marcado pela falta de profissionais para atender uma demanda cada vez mais crescente e também a falta de estrutura adequada para oferecer aos pacientes.

O Sinmed-MG acionou a diretoria da FHEMIG e mostrou por diversas vezes a necessidade de melhorar a infraestrutura do hospital que é referência em pediatria no estado. O HIJP II não é um caso isolado; a maioria dos hospitais do estado estão sucateados, faltam médicos, equipamentos e investimentos necessários para proporcionar mais qualidade no atendimento.

Aqui, em Minas Gerais, a situação é cada vez mais crítica: dívidas acumuladas com os municípios e falta de repasse estão levando as prefeituras a um colapso na saúde. Atualmente, são R$ 13,3 bilhões referente aos repasses constitucionais. O débito de R$6,3 bilhões, relativos aos convênios nas áreas de saúde e outros também é contabilizado.

Não adianta propor soluções emergenciais para hospitais como HIJP II; são necessárias ações efetivas como concurso público para contratação de médicos, ampliação de leitos para os pacientes. Os recursos precisam ser bem direcionados para que a saúde em MG tenha uma solução.

O Sinmed-MG, mesmo diante do caos, tem lutado diariamente para garantir os direitos dos médicos e a qualidade na saúde para a população. São ações judiciais, reuniões com gestores, assembleias com a categoria como formas de pedir socorro para o setor que está à beira da falência.

 Sinmed-MG, 8 de abril 2019

 

Rosângela Fernandes Costa - jornalista sênior - MTB 11320/MG