Nota oficial do Sinmed-MG acerca da regulamentação da telemedicina no país, aprovada pelo CFM

Com a divulgação da Resolução 2227/2018, aprovada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), que define parâmetros para o uso da telemedicina, o Sinmed-MG vem a público manifestar preocupação com as normas apresentadas e com as reflexões suscitadas pelo conjunto dos médicos brasileiros nos últimos dias.

O Sinmed-MG destaca que, dado o teor da matéria, a participação e avaliação de todas as entidades médicas na elaboração destes parâmetros éticos, técnicos e legais de atendimento é essencial para evitar conflitos na interpretação da resolução e proceder os ajustes necessários, antes de sua publicação.

Esperamos que o Conselho Federal de Medicina, cumprindo dever ético e moral de disciplinador da prática médica, abra amplo debate para reavaliar a regulamentação da telemedicina no Brasil.

Compreendendo que as inovações tecnológicas devem estar aliadas à prudência nos processos de incorporação, o Sinmed-MG coloca-se à disposição para, em sua esfera de atuação, apresentar sugestões para adequação da referida resolução.

 

 Sinmed-MG, 5 de fevereiro de 2019.