SETE LAGOAS: COMUNICADO DO SINDICATO DOS MÉDICOS DE MINAS GERAIS SOBRE A PARALISAÇÃO DE 24 HORAS DOS SERVIDORES MÉDICOS

 

A respeito da paralisação de 24 horas dos médicos servidores de Sete Lagoas, iniciada ontem, dia 16, às 7h, o Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG) esclarece que  houve grande adesão dos profissionais, sendo mantidos na integralidade os serviços de urgência e emergência.

O Sindicato reforça a legitimidade do movimento, deliberado por assembleia geral extraordinária da categoria no dia 8 de janeiro.

Os médicos reivindicam o pagamento dos meses em atraso – novembro (parcialmente pago), dezembro e décimo terceiro salário no ano de 2018. Também pedem mais transparência nas ações dos gestores em relação às medidas de contenção de despesas com a saúde.

 No dia 25 de janeiro, o sindicato e médicos do município estarão reunidos com representantes da Prefeitura e do Ministério Público, buscando um cronograma para os pagamentos. Caso não haja uma resposta satisfatória, a categoria  já deliberou por nova paralisação de 24 horas, no dia 30 de janeiro.

 

Diretoria Sindicato dos Médicos de Minas Gerais  (Sinmed-MG)

17/01/2019

Regina Perillo