COMENDA HONRA À ÉTICA FECHA HOMENAGENS NA SEMANA DO MÉDICO. SINDICATO ESTEVE PRESENTE

A cerimônia de entrega da comenda “Honra à Ética” a 10 médicos que em toda a sua vida agiram com honradez e dignificaram a profissão fechou com chave de ouro a Semana do Médico, em Belo Horizonte. O evento aconteceu na sede do Conselho Regional de Medicina, dia 26 de outubro.

As atividades da Semana do Médico 2018 - que incluíram também homenagens a Personalidades Médicas, Médicos Mineiros em Destaque e Jubilados de Ouro - foram uma iniciativa conjunta do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG), Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRMMG) e Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) para celebrar as boas práticas médicas e o digno exercício profissional.

Fernando Mendonça representou o Sinmed-MG na comovente cerimônia. Também tiveram assento à mesa de honra os anfitriões, Cláudia Navarro, presidente, e Fábio Augusto de Castro Guerra, 1º secretário do CRMMG; Hermann von Tiesenhausen, conselheiro federal e Maria Inês de Miranda, presidente da AMMG.

Abrindo o evento, Cláudia Navarro ressaltou o caráter meritório e plural da celebração, que esse ano incluiu, pela primeira vez, um cientista, Fernando Marcos da Silva – “ em tempos de avanços científicos em que nem tudo o que se pode deve ser feito a aplicação da ética na pesquisa científica deve ser reconhecida e agraciada”, afirmou.

A presidente do CRMMG lembrou também que a ética é o comportamento do ser humano na sociedade, a diferença entre o bem e o mal: “ Todos os nossos homenageados, com certeza, espelham no campo profissional a maneira ética de viverem que herdaram dos ascendentes e passarão para os seus ascendentes. Por isso, homenageamos também aqueles que contribuíram para a conduta ilibada desses colegas”.

Em sua saudação, o presidente do Sinmed-MG, Fernando Mendonça, reverenciou os homenageados pelo dignificante exemplo e pelo legado de aprendizagem e amor a profissão: “Um legado que nos mostra que é possível ser bons médicos porque tivemos bons professores. Então, essa noite eu me sinto honrado e muito feliz de representar o sindicato num momento de tanta alegria e significado para nós médicos mineiros”.

 ÉTICA, COMPETÊNCIA E HUMANIDADE, PILARES DA PROFISSÃO

 Foram agraciados com a Comenda Honra à Ética: Alcino Lázaro da Silva, Ajax Pinto Ferreira, Renato Assunção Rodrigues da Silva Maciel, Cláudio de Souza, Enio Roberto Pietra Pedroso, Ennio Leão, Carlos Eduardo Carvalho Coelho, Waldemar Henrique Fernal, Fernando Marcos da Silva e Edmundo Clarindo Oliveira.

Para receber a Comenda Honra à Ética o médico deve ser formado há pelo menos 25 anos e ter nos arquivos do Conselho Regional de Medicina um passado de ilibada conduta ética e moral. Todas as indicações são referendadas pela plenária do CRMMG.

O médico Renato Assunção Rodrigues falou em nome dos homenageados, destacando os três pilares de uma boa prática profissional: formação técnica primorosa, vocação humanística e vivência ética: “A ética deve estar presente diuturnamente na profissão, seja na arte de diagnosticar, tratar, nas atividades docentes e da pesquisa científica. Medicina sem ética não passa de charlatanismo, de fórum mercantilista”.

Na oportunidade, Renato Assunção ressaltou o papel do Conselho como autarquia governamental a quem compete elaborar as normas para o bom exercício profissional, fiscalizar a conduta dos médicos e instituições de saúde, investigar, julgar, e se for o caso punir, assim como a primordial tarefa educativa na área ética: “Não compete ao Conselho defender médicos, mas sim defender energicamente a boa prática médica, a boa medicina. Assim fazendo estará indiretamente defendendo e priorizando os pacientes, os bons médicos e as instituições”, finalizou.

O diretor-presidente do Sinmed-MG, Fernando Mendonça, participou, juntamente com os demais componentes da mesa, da entrega das comendas. Todos os homenageados foram cumprimentados e parabenizados pela justa homenagem, sendo dada a oportunidade para se expressarem em comoventes palavras.

 

 Sinmed-MG, 30 de outubro 2018.

 

Regina Perillo