Médicos de Betim vão suspender atendimento por 24 horas na próxima quarta-feira, dia 5

27/02/2008

Os médicos da Prefeitura de Betim decidiram em assembléia realizada no Sindicato dos Médicos de Minas Gerais – Sinmed-MG, no dia 26 de fevereiro, parar as atividades por 24 horas no próximo dia 5, das 7h de quarta-feira às 7h de quinta-feira. Depois de mais de um mês sem resposta dos gestores quanto à pauta de reivindicações encaminhada em 15 de janeiro, a categoria entendeu que a paralisação é a única forma de pressionar a Prefeitura a apresentar uma resposta oficial para que as negociações tenham o desfecho pretendido até 4 de abril, data em que se encerra o prazo imposto pela justiça eleitoral para a revisão da remuneração dos servidores públicos.

Os médicos criticaram a publicidade feita pelos gestores em torno de uma excelente melhoria salarial depois de cinco anos de serviço e para desmentir a informação dos altos salários pagos em Betim, apresentaram contra-cheques de profissionais com 13, 15 anos de prefeitura que recebem entre R$ 2.500 e R$ 3.500. Além da defasada remuneração em relação a outros municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, os médicos, mais uma vez, se mostraram extremamente preocupados com as precárias condições de trabalho e a conseqüente dificuldade em oferecer atendimento digno e de qualidade à população.

Representantes do Sind-Saúde Betim também participaram da assembléia dos médicos e informaram que na próxima quinta-feira (28) farão uma assembléia em que pode ser deliberada uma paralisação conjunta de todos os profissionais da saúde.

Paralisação dos médicos de 7h de quarta-feira (5) às 7h de quinta-feira (6).

Atenção!

O Sinmed-MG convoca os médicos lotados na Prefeitura para:

 

Concentração do movimento de paralisação

Data: 5 de março, quarta-feira
Local: Estacionamento do Hospital Regional – Av. Edméia Matos Lazzarotti, 3.800 – Jardim da Cidade.
Horário: 9h30
 

Assembléia Geral Extraordinária

Data: 6 de março, quinta-feira.
Horário: 19h
Local: Sinmed-MG – Rua Padre Rolim, 120 – Santa Efigênia.
Pauta: Avaliação do movimento e deliberação das próximas ações da campanha.