MÉDICOS DA PBH ELABORAM PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DA CAMPANHA 2019

19/03/2019

Os médicos servidores da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte elaboraram, em assembleia geral extraordinária, dia 14 de março, no Sinmed-MG, a pauta de reivindicações da campanha 2019.

A pauta foi enviada ao prefeito Alexandre Kalil; ao secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto; e ao secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis, com a solicitação de uma reunião para discutir o assunto:



Veja a pauta de reivindicações

 1 - Reajuste do salário base tendo como referência o salário pago no Programa Mais Médicos do governo federal;

 

2- Reajuste dos adicionais com base na inflação acumulada do período, principalmente o adicional de insalubridade e abono dos médicos de apoio da rede primaria e da rede complementar;

 

3- Equiparação do salário dos médicos contratados administrativamente com o vencimento dos médicos concursados no nível 1 da tabela;

 

4- Redimensionamento das áreas adscritas as Equipes Saúde da Família ao máximo populacional de 2000 pessoas, tudo em conformidade com a Portaria 2355 do MS editado em 2010;

 

5- Retomada das discussões sobre a reclassificação de risco das unidades;

 

6 - Início de discussões setoriais, abordando os pontos específicos de cada área da saúde na PBH;

 

7- Reorganização da educação continuada para os profissionais médicos da PBH e reconhecimento das atividades dos preceptores na rede com carga horária protegida;

 

8 - Concurso público imediato como forma de entrada do médico na PBH;

 

9- Garantia do fornecimento adequado de insumos, medicamentos e equipamentos de qualidade para o atendimento à população;

 

10- Garantia de segurança adequada aos profissionais e a população nas unidades de saúde, com presença de porteiros em todas as unidades.

 

11- Garantia da liberação para participação em congressos e cursos de atualização para os médicos da rede de urgência, da mesma forma como acontece para os demais médicos da rede;

 

12- Melhoria da estrutura física das unidades como um todo;

 

13- Enquadramento dos médicos servidores que exercem jornada de trabalho de 24h e 40h semanais nas respectivas jornadas, conforme disposto no novo Plano de Carreira (Lei nº 11.156/2019).

 

 

Regina Perillo