SEM RECEBER, MÉDICOS DE SETE LAGOAS DELIBERAM POR NOVAS PARALISAÇÕES DIA 18,19 E 21 DE FEVEREIRO

13/02/2019



Os médicos de Sete Lagoas deliberaram em Assembleia Geral Extraordinária realizada, dia 8 último, pelo Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG), por novas paralisações de 24 horas, dias 18,19 e 21 de fevereiro. Serão mantidos os atendimentos de urgência e emergência.

 Essa será a quarta paralisação da categoria. Dias 16 e 30 de janeiro ocorreram paralisações de 24 horas. A partir das 7h de 6 de fevereiro os atendimentos foram suspensos por 72 horas. A Prefeitura foi formalmente comunicada sobre as paralisações.

A decisão pela suspensão dos atendimentos deve-se aos reiterados atrasos de pagamento dos vencimentos que já alcançam os meses de dezembro, 13º salário e janeiro do ano corrente.

Após a assembleia, o Sinmed-MG enviou novo ofício para a Prefeitura do município solicitando que seja apresentado o quanto antes cronograma de pagamento dos valores atrasados e futuros dos servidores médicos municipais (efetivos e contratados), além da garantia de pagamento integral dos vencimentos, sem que seja realizado nenhum desconto em decorrência da escala reduzida efetivada pela gestão.

Uma nova assembleia foi agendada para o próximo dia 19 de fevereiro, quando a categoria avaliará o retorno às reivindicações. Caso não seja satisfatório, uma nova paralisação poderá ocorrer de 11 a 15 de março, conforme deliberação da assembleia do dia 8 de fevereiro.

O Sindicato dos Médicos destaca que, em absoluto cumprimento da legislação pertinente, serão assegurados os atendimentos aos casos de urgência e emergência, dentro das condições já existentes nas unidades.

 

 Sinmed-MG, 13 de fevereiro de 2019.

 

Regina Perillo