Médicos da Fhemig e Hemominas estão insatisfeitos e aguardam resposta efetiva dos gestores

11/01/2018



Em assembleia geral extraordinária realizada ontem, dia 10 de janeiro, no Sindicato dos Médicos de Minas Gerais a categoria médica mostrou-se bastante insatisfeita com o governo estadual. Até hoje, a administração não fez nenhum encaminhamento efetivo no que concerne às discussões e resoluções sobre o Plano de Cargos e Salários dos médicos, assim como qualquer investimento adicional na remuneração da categoria.

 

A categoria decidiu pela realização de novas assembleias, nos dias 6 de fevereiro (médicos vinculados ao Hemominas) e 7 de fevereiro (médicos vinculados à Rede Fhemig). Até lá, os médicos aguardam a efetivação das propostas realizadas durante reunião ocorrida dia 26 de dezembro na Seplag relativas ao abono, fim dos atrasos no pagamento dos salários, definições sobre o Plano de Carreira, entre outros.

 

Os gestores também se comprometeram a visitar as várias unidades da Fhemig para levantar, em reunião com o corpo clínico, os principais problemas e apresentar soluções. O sindicato já solicitou essa agenda de visitas, para acompanhar de perto a situação de cada unidade.