MÉDICOS PERITOS DO ESTADO DECIDEM, POR UNANIMIDADE, PELA CONTINUAÇÃO DA GREVE​

10/01/2018



Em Assembleia Geral Extraordinária, realizada ontem, 9 de janeiro, no Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG), médicos peritos ligados à Secretaria de Estado de Planejamento e​ Gestão deliberaram, por unanimidade, pela manutenção da greve iniciada dia 21 de dezembro. A assembleia contou com expressiva presença dos peritos, que manifesta​ram indignação em relação às péssimas condições de trabalho e pagamentos em atraso.

A pauta da categoria contempla entre outros itens: pagamento de forma integral no quinto dia útil posterior ao mês trabalhado; pagamento integral imediato do décimo terceiro; manutenção dos contratos dos médicos peritos até que sejam substituídos pela posse dos concursados; revisão e reformulação do plano de carreira do médico perito e condições mínimas de trabalho com consultórios adequados, efetivo sistema de segurança, informatização do sistema de prontuários, entre outros. Segundo eles, as instalações tanto na capital como no interior não oferecem a mínima privacidade para o atendimento dos periciados; faltam banheiros, pias, ventilação, cortinas e até água.

 

No dia 16 próximo, Sindicato e CRMMG farão uma visita técnica às instalações da Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional, localizada no Edifício Maleta, em Belo Horizonte.

Uma nova assembleia da categoria foi marcada para o dia 24 de janeiro, quando os peritos esperam um posicionamento favorável do governo para decidirem os próximos passos do movimento.