Atuação do Sinmed-MG em Uberlândia conquista vitórias para os médicos da Fundasus e Missão Sal da Terra

30/10/2017



Trabalhando sempre na defesa dos direitos dos médicos, o departamento jurídico do sindicato acaba de conquistar mais duas vitórias em favor dos médicos de Uberlândia.

A primeira beneficia os médicos de Uberlândia vinculados à Fundasus. Por meio da decisão judicial, a qual não cabe recurso, o Sindicato teve decisão favorável no processo de nº 0012290-47.2016.5.03.0044 movida contra a Fundação Saúde do Município de Uberlândia/MG – FUNDASUS e contra o próprio município de Uberlândia para que fossem depositadas as diferenças do FGTS, referente ao período compreendido entre agosto de 2016 a janeiro de 2017.

 

Médicos vinculados à Fundasus no período de agosto/2016 a janeiro/2017, fiquem atentos à documentação

Informamos os médicos empregados da FUNDASUS no período de agosto de 2016 a janeiro de 2017 que a fim de que os valores apurados e os depósitos sejam realizados em sua conta vinculada ao FGTS, enviem ao departamento jurídico do Sinmed-MG – juridico@sinmedmg.org.br – seus holerites correspondentes ao período em referência, bem como seu extrato do FGTS que, caso não possua, poderá ser solicitado na CEF.

Gentileza incluir o número do processo e seu nome no campo ‘assunto’ do e-mail facilitando, assim, a reunião dos médicos contemplados. Os documentos devem ser enviados, impreterivelmente até o dia 21/11/2017.

 

Médicos da Missão Sal da Terra, você também será beneficiado

Por meio da atuação do Sinmed-MG, destacamos também outro ganho que refere-se ao processo de nº 0012248-49.2015.5.03.0103, no qual o sindicato formalizou um acordo com a Missão Sal da Terra- MST- por meio do qual a MST pagará aos médicos que não receberam seus salários e 13º salários nos prazos legais, a partir de setembro de 2015 até janeiro de 2017, 5 (cinco) dias de férias acrescidos do terço constitucional, sem prejuízo das férias legalmente devidas, a título de indenização compensatória pelo atraso no pagamento das mencionadas parcelas.

Destacamos que esses dias deverão ser gozados no mesmo prazo das próximas férias que serão adquiridas, podendo o médico, caso queira, gozar os 5 dias em conjunto com as férias regulares.

Já para aqueles médicos que já se desligaram da MST, mas foram empregados no período compreendido entre setembro de 2015 até janeiro de 2017, ou mesmo  os que vieram a ser desligados antes de gozar as férias, os cinco dias desse período serão quitados, acrescido do terço constitucional, em até 30 dias contados da homologação do acordo ocorrida em 26/10/2017.

O Sinmed-MG convoca os médicos da Missão Sal da Terra que se enquadram nessas situações que entrem em contato conosco também via e-mail- juridico@sinmedmg.org.br, até o dia 21/11/2017, informando caso não haja a concessão das férias e/ou pagamento para os inativos. Não esqueça de incluir o número do processo e seu nome no campo ‘assunto’ do e-mail.

 



Médicos  que se enquadram em ambas situações, não se esqueçam de entrar em contato com o Sinmed-MG até o dia 21 de novembro,  por meio do e-mail juridico@sinmedmg.org.br

Estas são vitórias que mostram a luta do Sinmed-MG na defesa dos direitos dos médicos representados pela entidade.

Seu sindicato, sua casa!

 

 

 

 

 

Rosângela Costa- jornalista sênior- MTB 11320/MG