MOVIMENTO GREVISTA REPRESENTADO PELO SINMED-MG CONQUISTA GANHOS IMPORTANTES PARA OS MÉDICOS PERITOS DO ESTADO

O movimento grevista dos médicos peritos do Estado de Minas Gerais iniciou-se no dia 21 de dezembro de 2017, permanecendo por árduos 68 dias e cessando no dia 27 de fevereiro de 2018, após acordo judicial realizado em audiência de conciliação no Tribunal de Justiça no dia 26 de fevereiro.

A categoria foi representada pelo SINMED-MG, sindicato representante da categoria no Estado, que não mediu esforços na busca pelos interesses da categoria e se mobilizou por meio de seus diretores, departamento de campanhas e jurídico na busca pela melhor solução para as pautas de reivindicações.

Diversas reuniões e assembleias ocorreram durante a greve, possibilitando ao SINMED-MG manter uma pressão constante ao Estado, que reconhecendo a força e união do movimento abriu espaço para as negociações.

Diante da coesão do movimento que mobilizou toda a categoria, o Estado ajuizou ação no Tribunal de Justiça – TJ/MG em face do SINMED-MG, visando combater a greve e em audiência de conciliação preliminar chegou-se a um acordo.

As partes – Estado de Minas Gerais e SINMED/MG – negociaram em audiência e reivindicações importantes para os Médicos Peritos foram aceitas pelo Estado, sendo que, em outras pautas de reivindicações foram fixados prazos para a apresentação de soluções.

 O acordo foi homologado pela Desembargadora Relatora Albergaria Costa e prevê diversas conquistas importantes:

 

1 – Organização do trabalho dos médicos peritos em resolução a ser publicada pelo Governo do Estado.

2 - A nomenclatura da Central voltará a ter a expressão “Perícia Médica”.

3- Entrega de laudos por meio eletrônico.

4 - Implantação de detector de metais das unidades de atendimento em Belo Horizonte no prazo de 30 dias, e estudo para implantação nas demais unidades do Interior em 90 dias.

5 - Melhorias nas condições dos locais de trabalho: pintura e instalação de cortinas na sede no Maleta e apresentação de estudo em 60 dias para as melhorias a serem feitas nos consultórios de forma geral (iluminação, parte hidráulica e etc)

6- Negociação dos dias parados e criação de comissões de médicos para acompanhar a implantação das melhorias nas condições de trabalho e revisão do plano de carreira dos peritos.

 

O SINMED-MG entende que o acordo judicial assegura os profissionais envolvidos e continuará na luta por melhorias, se comprometendo a cobrar e fiscalizar pelo cumprimento dos pontos acordados.